0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Vou confessar, eu acho este mundo muito louco e também interessante. Há três anos eu não tenho impressora pois tudo que eu preciso fazer ou está no notebook ou no smartphone.  Quando eu achava que as impressoras tinham data de validade, elas renasceram da cinzas como uma Fênix.

Imagine você na sua casa com uma fome absurda e em vez de ir para cozinha, você decide imprimir sua comida. Parece loucura, não é? Entretanto, é a mais pura realidade e será vendida na metade de 2014 por US$ 1,3 mil. A impressora 3d Foodini promete criar pães, bolos e massas em diferentes formatos.

A empresa espanhola Natural Machines, criadora do projeto, tem o objetivo de agilizar e facilitar a preparação de alimentos. Basta o usuário colocar os ingredientes necessários, selecionar a receita e esperar a impressão ou melhor a preparação da refeição.

O video abaixo, disponibilizado pela BBC News,  mostra o funcionamento da impressora.

A NASA também entrou nessa onda financiando uma empresa que construiu uma impressora 3d capaz de imprimir pizza. O quem tem a NASA com pizza? Tudo. A ideia usá-la para preparar refeições para astronautas. O vídeo abaixo apresenta o funcionamento desta impressora.

Primeiro o equipamento imprime uma camada de massa em um prato aquecido que coze a massa e, em seguida, estabelece uma base de tomate que foi armazenado na forma de pó e misturado com água e óleo. Por último vem uma "camada de proteína."

Pessoal, hoje nós falamos sobre impressora 3D que prepara refeições. Se você quiser ler sobre outras impressoras 3d, clique aqui, e leia o artigo publicado no Businessweek.  Termino este post com uma frase de Peter Drucker,  "A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo".

Até a próxima

 

 

 

 

Drucker

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×