0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

1 - Introdução

Olá pessoal, hoje vamos começar uma série de artigos sobre Python e se você deseja programar nesta linguagem veio a lugar certo e no horário certo. O único risco é no final você virar um nerd amante de tecnologia.

Pyton é uma linguagem, que foi desenvolvida pelo programador holandês Guido van Rossum, de alto nível, interpretada, orientada a objetos, funcional de tipagem forte. É uma linguagem poderosa,  de fácil aprendizado e é ideal para criação de scripts e desenvolvimento rápido. Quanta qualidade você não acha? Eu acho e por isto estou compartilhando este conhecimento, meu caro leitor.

O interpretador de Python e sua extensa biblioteca padrão estão disponíveis na forma de código fonte ou binário para a maioria das plataformas a partir do site, http://www.python.org/.

O interpretador de Python é facilmente extensível incorporando novas funções e tipos de dados implementados em C ou C++ (ou qualquer outra linguagem acessível a partir de C). Python também se adequa como linguagem de extensão para customizar aplicações.

Para maiores informações  veja o documento Referência da Biblioteca Python. O Manual de Referência Python oferece uma definição formal da linguagem.

Vamos direto ao ponto. Por favor, baixe o interpretador no site http://www.python.org/, instale-o e mãos a obra.

Dica: Coloque na variável de ambiente PATH o caminho do interpretador, por exemplo, C:\Python34. Isto permitirá você executa-lo de qualquer ponto do Windows.  Antes que eu me esqueça a versão que estou usando nos exemplos é 3.4.

Vá no executar do Windows, digite cmd e ao abrir prompt de comando digite python. Você entrará no modo interativo da linguagem.

Prompt de comando

Prompt de comando

2 - Resumo da linguagem

Para aqueles, como eu, que são ansiosos e querem somente ver as diferenças de uma linguagem para outra segue abaixo um resumo

2.1 - Strings, variáveis e números

# Exemplo de comentário
>> 2+2
4
>> 4/4
1
>>2*2
4
#Atribuir valor a uma variável
>> valor=2
>> valor
2
>> nome="joao"
>> print(nome)
joao
>> a=b=c=0
>> print(a)
0
>> nome = "João da silva"
#Mostrar posição 0 da String
>>nome[0]
J
# Exbir da posição 0 até a 4
>>nome[:4]
João
# Exibir posição 8 até a 13 da String
>>nome[8:13]
Silva
# Tanto faz usar apas simples ou duplas
>>nome = 'Maria'
>>nome
Maria
# Concatenar Strings
>> nome ="Marina " + " Silva"
>> nome
Maria Silva
# Ver caracteres da esquerda para direita
>>nome[-1]
a
>>nome[:-3]
Maria Si

 

 2.2 Controles de fluxos

>> x= int( input("Entre com um número: "))
>> if x<0:
...    print("Menor que zero")
>> elif x==0:
... print("Zero")
>>else
... print("Maior que zero")

Pessoal, hoje ficamos por aqui. Nó próximo post continuaremos o resumo e veremos laços, listas, sets, função e estrutura de dados.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×